TREINANDO

Fazendo o que dá para fazer


Semana de treino
Semana de treino

Um dia de cada vez, um treino de cada vez. Esse tem sido o meu mantra e agora mais do que nunca ele tem feito parte da minha rotina.

A vida profissional, pessoal e esportiva deve ser conciliada, devemos fazer o que deve ser feito e quando não for possível treinar é vida que segue, não será por isso que não cruzarei aquela linha de chegada e que não curtirei mais de 12hs de prova no dia 31/05/2015.

Essa semana eu não consegui treinar na segunda e nem na terça, pois viajei e passei horas dentro do carro chegando muito tarde em casa e assim abortei uma corrida de 10k, e 2 treinos de natação.

Na quarta-feira eu consegui fazer o longo de corrida, 24k, minha corrida mais longa. Resolvi fazer em terrenos variados, pegando subidas e descidas para simular a subida de canajurê logo nos primeiros kms da corrida do Iron. Terminei o treino quebrado, mas cumpri a meta, difícil, mas não impossível. O bom foi que fiz o treino acompanhado do Fernando que também treina par ao Iron e do Montoro que já fez 1 e este ano está de boa. Descobri que companhia é fundamental nestes treinos longos, tanto de corrida como de bike.

Na quinta-feira eu pedalei 1h no rolo, com as pernas totalmente travadas do longo de corrida do dia anterior.

Na sexta-feira eu acordei cedão e fiz os 12k de corrida, 3 x 4k (de z1 a z4), na chuva que me pegou no primeiro km e como estava calor não desisti.

A previsão do final de semana não era das boas, chuva, muita o que se confirmou.

No sábado pela manhã não estava chovendo, mas o tempo estava muito fechado. O coach trocou o treino de transição com o treino longo de bike, mas eu tinha um compromisso, dessa forma, só consegui pedalar 50k pela manhã e nadar na chuva a tarde com o parceiro Dimitri. Fizemos o longo de natação de 3000m.

Abro um parêntese para falar do Fabio “Popeye”que me fez uma baita preza. Eu procurava um roda melhor  de treino para por na bike, pois a minha era muito ruim e acabei fazendo um escambo. Trocamos as rodas por um par de pneus, um selim, um suporte de caramanhola e um Cateye, que fiz questão de comprar zero para ele. Certamente ele está nos agradecimentos ao final da jornada do Ironman.

Domingo amanheceu caindo a maior chuva e aproveitei para dormir e descansar. O longo de bike já era na rua e acabei fazendo 2:30h no rolo. Foi difícil pra caramba, pois é muito tempo parado no mesmo lugar. Assisti 2 filmes.

A prescrição para o treino indoor era de 1:30 de bike + 30 minutos de corrida + 1:30 de bike, mas chovia tanto que preferi abortar a corrida e não arriscar de pegar uma gripe e comprometer outros treinos, pois estava com o corpo quente e todo suado. Fiz 1:30h, parei 15 minutos para um café, água e number one e fiz mais 1h.

Essa semana foi o que deu para fazer, hoje começa outra semana e seguirei dia-a-dia fazendo o que der.

Correr para crer, keep running!

Anúncios

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s