CORRENDO POR AÍ

Há vagas


medalha

Enfim terminou o ano esportivo e agradeço por ter finalizado sem nenhuma lesão grave e com mais algumas provas e experiências na bagagem.

Há vagas na minha raia de natação e também na minha posição no pelotão da bike, pois a partir de hoje eu me dei férias, férias de corridas, pedais e natação. Irei me dedicar apenas ao hobby de correr quando der vontade, irei velejar de kite e surfar, óbvio sempre que bater a vontade. Também liberei a dieta e o álcool está liberado, com e sem moderação, dependerá da ocasião.

Sobre o Challenge Florianópolis, o causo será curto:

O mar não estava para peixe, o vento nordeste entrou no sábado e no domingo ele ficou mais forte, dessa forma, a prova quase virou duathlon. Por questão de segurança o percurso de 1,9k de natação virou 750m de pura adrenalina, fechei essa etapa em 16’+ uns 4 de transição. Quem não é muito acostumado com o mar deve ter tido problemas, pois Netuno castigou na correnteza e nas ondas na normalmente tranquila praia de Jurerê.

O pedal foi a parte mais difícil para todo mundo, pois o que vi de gente quebrada na corrida não foi pouca. Muito vento a favor em direção ao Floripa shopping dava a sensação de estar forte, só que na volta para manter o ritmo todo mundo vinha fazendo muita força. Eu percebi isso na primeira volta e reduzi na segunda e assim fechei os 90k em 2:59, bem pior que ano passado que estava um dia perfeito, ainda fiz uma transição de uns 5′ com 2 minutos no banheiro para liberar os líquidos e correr mais leve. Alias, acertei na hidratação e na alimentação e tudo que fiz nos treinos deu certinho, não sobrou e nem faltou.

Fui correr bem, pois como aliviei na segunda volta da bike eu estava forte e fui fazendo uma corrida progressiva, passando cada um daqueles que eu marquei que na bike me passaram e km a km fui apertando o ritmo e fechei a corrida em aproximadamente 1:45 alto, uma ótima meia maratona considerando o sofrimento no pedal.

No total fechei a prova em 5:10, não foi um meio iron, mas uma dura prova de longa distância, cheia de adversidades climáticas, pois fez muito vento, fez calor, choveu, fez frio e fez calor de novo.

O melhor de tudo é hoje estar zerado, o teste é descer as escadas do meu prédio, se não dói o resultado da recuperação foi bom.

Valeu pela torcida dos amigos na prova, aos parceiros de treinos pelas horas intermináveis de natação, pedal e corrida e a minha querida esposa que me aguenta, ora incentivando e ora reclamando da minha falta e da espera para almoçar aos sábado.

Correr para crer, até 2015 há vagas na piscina e na bike…

Anúncios

Um comentário em “Há vagas

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s