TREINANDO

Corrida em dupla


Diego e dimitri chegada 1Eu já corri algumas provas de revezamento e é o maior barato toda a função e planejamento que uma prova neste formato requer.

Ontem eu participei da segunda edição da Meia Maratona de São José, cidade vizinha a Florianópolis.

Ano passado eu já havia participado dessa mesma prova como parte do treino para o Challenge Florianópolis e esse ano foi a mesma coisa.

No dia anterior tinha previsto 80km de pedal, mas como estava chovendo eu fiz 2hs intermináveis no rolo.

Para essa prova eu não tinha muita pretensão de tempo ou algo parecido, pois além do percurso ser duro, haveria mais de 10km de sobe e desce e eu estava me recuperando de uma gripe que me tirou de combate e dos treinos durante toda a semana passada.

Para a salvação do treino/prova, contei com a parceria da galera de treino, principalmente do meu camarada Dimitri e fizemos uma prova em dupla.

A meta era terminar a prova da melhor maneira possível, mas o resultado foi muito melhor do que o esperado e diminui quase 4 minutos em relação ao ano passado.

Largamos com a ideia de correr de forma progressiva, mesmo sabendo que na segunda perna da meia teríamos de enfrentar as subidas e descidas. O ritmo era o que desse pra fazer.

Foi muito massa, pois corremos todo o tempo lado a lado, mantendo o mesmo ritmo e um puxando o outro. Apenas em um momento eu fiquei para trás, pois aliviei em uma descida e o louco soltou o freio de mão e foi na banguela hehe. Depois disso colei no lado do Dimitri e não sai mais.

Nos 2 últimos kms resolvemos apertar o passo e um outro corredor que vinha atrás da gente durante toda a prova resolveu se desgarrar e foi aumentando o ritmo e nos deixou para trás. Eu estava com a língua de fora correndo para 4:30 e quase quebrando, mas dai nos olhamos e eu disse: Dimi, vamos passar esse cara! Aceleramos, passamos voando por ele perto da casa dos 4min/km e deixamos ele para trás. PS: O corredor não era o Eduardo Hanada de camiseta amarela, era outro atleta.

Passamos o pórtico de chegada juntos, praticamente ao mesmo segundo, mas quem pisou no tapete primeiro foi ele.

Dimitri e Diego

Analisando as passagens de km fomos praticamente sempre progressivos.

Hoje estou quebrado, mas um trote maneiro irá soltar as pernas para novamente focar nos treinos!

Correr para crer…

Anúncios

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s