DE TUDO UM POUCO

O pinguim


happyfeet

Não sei bem o motivo, mas sinto uma dor nas pernas que nunca havia sentido em 4 anos de corrida. Descer as escadas do prédio é pior que subir, mas no final dá tudo na mesma.

Como eu comentei ontem, já fazia algum tempo que eu estava sem competir e sem correr uma meia maratona desde o Tridash em dezembro passado. Vale a consideração que não senti dores nas pernas depois dessa prova, acho que eu estava mais preparado.

No retorno para a chegada já na subida da ponte eu comecei a sentir o peso nas pernas, uma dor nas panturrilhas e umas fisgadas na musculatura dos glúteos como se alguém estivesse me chutando a “bunda”, muito engraçado. Mas ao invés de diminuir o ritmo levei como um incentivo e continuei acelerando até terminar a prova.

Já havia finalizado a corrida e após deixar o chip e pegar a medalha o corpo foi esfriando e fui mancando até o carro. Na segunda-feira acordei mal das pernas e hoje então a situação estava osca. A DMT (dor muscular tardia) me pegou de jeito.

Hoje pela manhã fui a acadêmia e quando vi minha sombra eu estava caminhando como um pinguim, balançando a cabeça e tudo, faltou apenas grasnar ou cantar como tal.

Ainda não descobri o real motivo das dores, se forcei muito nas subidas, se errei na alimentação e não fiz um bom estoque de glicogênio, só sei que dói!

Ao menos eu fiquei como o Happy feet depois de ter completado a meia maratona! =)

Correr para crer!

 

 

 

 

Anúncios

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s