DE TUDO UM POUCO

Gran Finale – Parte final mesmo rs -Dash 113


imagem oficial largada Dash
Foto: Dash 113

O treino foi dura, mas já era hora de iniciar essa prova. Eu não fiquei nervoso ou com dúvida se iria terminar, pelos treinos estava confiante que tudo daria certo, acho que essa confiança só com treino mesmo e essa foi a prova que mais me foquei.

No sábado eu já tinha tudo planejado, como iria me organizar para levar as coisas para a transição e principalmente o que fazer em cada etapa. A mentalização da prova foi fundamental. Eu conhecia a técnica lendo alguns materiais do Ricardo Brandt e depois a dica do meu técnico e experiente triatleta Roberto “chefe” Lemos reforçou que era importante “pensar a prova e mentalizá-la”.

Para quem está fazendo sua primeira prova de longa distância é importante ficar esperto em algumas coisas, como por exemplo fazer um checklist dos equipamentos para deixar tudo pronto para o bike checkin e também  para o dia da prova. A logística é fundamental para tudo dar certo, então criei um sistema ágil para não esquecer de nada.

Eu dormi super bem, dez e pouco da noite já havia capotado e acordei as 4 da manhã. O café da manhã de sempre, café preto com nata, omelete com queijo bem reforçada e uma coalhada para fechar a proporção de gordura, proteína e carbo da minha alimentação lowcarb (sim é possível nadar, pedalar e correr forte sem massa, batata etc).

As 5:50 já estávamos no mar para o aquecimento, cada vez chegava mais atletas na largada, ainda era noite e estava nublado, mas o mar espelhado e a água quente abençoaram a natação.

Larguei mais para o lado direito da bóia, saí forte para fugir da muvuca e evitar as porradas e encontrei um bom “pé” e fui na esteira por um bom tempo, depois de fazer o retorno na segunda boia eu apertei o ritmo e consegui completar a natação em 35:26″ abaixo da minha meta que era 40 minutos. Já saí da água rindo, pois o dia havia começado bem demais.

Entrei na T1 e logo localizei minha bike, minha mulher já estava lá acenando. No caminho já havia aberto a roupa de borracha e automaticamente a tirei, coloquei o capacete, o óculos, as luvas e parti para o pedal.

Montei na nega e fui pedalando forte enquanto tomava um gel. O percurso do pedal eu poderia fazer de olho fechado, nosso local de treino aqui em Floripa.

Pedalando e pensando no último longo de bike que havia feito no final de semana anterior fez passar os primeiros 10k super rápido e foi aí que olhei para o Garmin e vi que estava fazendo 32,3 km/h de média e no segundo 32,7, 34,5, 33,8 e resolvi tirar o pé para não faltar perna na corrida e baixei, assim entreguei a bike com 2:43:27″ 32,5km/h de média, bem mais forte do que fiz em qualquer treino.

Estava pedalando amarradão que ainda fiz pose para a foto meu brother Gerson Texeira que me encontrou por acaso e tirou essa foto na SC 401.

pedal dash
Foto: Gerson Teixeira

Fui correr solto, estava leve e forte e sabia que agora eu tinha apenas que administrar essa etapa e pronto, linha de chegada e medalha no peito.

Foto: CR2
Foto: CR2

Conversei com diversos amigos como o Rodrigo Montoro que me acompanhou por alguns km ou com quem fui conversando no meio do caminho incentivando e comemorando a bela prova que estávamos fazendo. Fechei os primeiros 10k em 48 minutos e depois fui apenas mantendo a meta de correr próximo da casa dos 5 minutos/km e sustentei isso até o 12km. A última volta de 7k eu tinha apenas que completar o percurso.

Tentei apertar o ritmo nos últimos 3km mas tive algumas ameaças de câimbra e acabei segurando a onda para terminar inteiro. Quando entrei no funil e olhei para o pórtico de chegada comemorei olhando para o relógio que havia feito a corrida dentro da meta, que era 1:50, prova concluída em 5 horas 16 minutos e 16 segundos. Minha estimativa era de 5:30′, na melhor das hipóteses 5:20′.

Foto: Karina Vieira
Foto: Karina Vieira

Foi demais a sensação de completar essa distância, logo já fiquei imaginando como deve ser concluir um IRONMAN!

Por hora estou de férias de provas, os treinos seguem para manutenção…até que eu mude de idéia…rs

Correr para crer, longas distâncias, grandes desafios!

Anúncios

3 comentários em “Gran Finale – Parte final mesmo rs -Dash 113

  1. Diego, só agora consegui um tempo para ler seu relato completo do Dash. Como disse a Beatriz: Sensacional, cara! Desempenhou bem em todas as modalidades (e, falando em corrida, que é minha prática atualmente, fazer uma Meia Maratona pra 1h50′ depois de nadar e pedalar forte, é um baita tempo). Parabéns, cara!

    Abraços e bons treinos.
    Brunno – http://movidoaendorfina.wordpress.com

    Curtir

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s