CORRENDO POR AÍ

As vezes dá certo


triathlon garopaba
triathlon garopaba

ACORDEI achando que nada daria certo na prova, meu joelho havia doído durante a semana, eu estava cansado e ainda por cima não dormi muito bem na noite que antecedia o evento. Tem dias que a gente acha que tudo está perdido, mas do nada ou melhor, do resultado dos treinos e de relaxar tudo acaba se encaixando e vamos para o abraço não é mesmo?

Eu havia relaxado e já desistido e nem esperava muita coisa da II Etapa do Catarinense de Triathlon, o XXI Triathlon de Garopaba, uma das provas mais antigas do país. Dia de sol surpreendente, pois no sábado caiu o maior temporal e até pensei que não haveria prova, mas tocamos para Garopaba. O mar estava calmo, água quente e sem ondas, perfeito para a natação.

Novamente eu comi bola e não marquei direito a prova no Garmin, acho que tenho me que concentrar mais nesta tarefa, pois nas duas últimas provas eu fiz isso.

Larguei super bem, nadando pelo lado de fora da muvuca o que garantiu que eu não levasse nenhuma porrada ou chute e ainda permitiu que eu encaixasse bem a natação e fiz 850m que o Garmin marcou em 15:21″, fazendo com que saísse bem da água.

O pedal foi mais complicado, pois o percurso formava um T e havia 3 retornos e era necessário fazer 6 voltas, o que facilita você se perder nas contas, ainda mais quando está fazendo força. Além disso, o percurso tinha uma subida que fazia você perder velocidade, mas como tudo que sobe também desce, ladeira a baixo dava para chegar a 47km/h e fechei os 20k de pedal em 39:33″.

Na hora da corrida eu fiquei com medo do meu joelho se escangalhar e tirei o pé, fui mais de boa e com isso eu estava correndo com o freio de mão puxado, mas foi melhor assim, pois queria me preservar para o Longa Distância (1,8k/60k/15k) que será no dia 7/abril e a corrida ficou em 21:35″, mas não fechou 5k, deu 4,55k.

Pelos meus cálculos eu fechei a prova com 1:18:52″, quase 5 minutos a menos (1:23:25″) que em Navegantes duas semanas  atrás e mesmo achando que nada daria certo foi um baita de um resultado. Fiquei feliz da vida e me diverti bagaraí, foi TRI!

Correr para crer, my way, my run!
tri garopaba medalha

Anúncios

6 comentários em “As vezes dá certo

    1. Dale Japa!

      Cara a prova fica mais saborosa assim…tudo vai se encaixando e quando a gente vê foi tri bem. Eu li teu post no sábado a noite quando estava no hotel tentando dormir hehehe.
      Certamente você faz o sub45 nesse ano.
      Vamos treinar!
      Abraço
      Diego

      Curtir

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s