TREINANDO

Tic tac e bateria old school


tic tac

No último sábado fizemos um treinão diferente em Jurerê, alguns fizeram os treinos de volume para o Ironman e o pessoal que irá participar da primeira etapa do catarinense de triathlon no próximo dia 24/02 em Navegantes fez um treino tic tac.

Um treino tic tac no triathlon consiste em fazer baterias em distâncias menores do que a prova alvo, visando treinar a transição e os detalhes que envolvem a troca de modalidades em uma prova. O treino foi de 3 baterias de 400m de natação, 12k de pedal e 2k de corrida e deveria ser feito com mais intensidade e intervalo de 5 minutos.

Os dias estão ajudando, praticamente todo sábado ao menos pela manhã o sol brinda a galera que vai treinar em Jurerê e isso motiva para não falhar e nem pular nenhum treino. O mais difícil de treinar não é durante a semana que você já montou uma rotina conciliando com o trabalho e sim no final de semana que envolve os dias que seriam de descanso e família.

A primeira bateria foi a melhor, saí nadando forte e na T1 não demorei muito tempo, apenas saí sem protetor, mas o sol não havia despontado com força, ainda. O pedal foi bem pegado mantendo uma média de quase 30km/h e na corrida cravei 4:22min/km de pace.

Na segunda bateria mantive a média na natação e no pedal, mas aliviei na corrida, pois senti que havia forçado demais no pedal. Como havia esquecido de passar protetor acabei ficando todo marcado, nas pernas por causa da bermuda e no peito e costas da faixa do frequencímetro do Garmin. Estava quase virando uma zebra.

Neste segundo intervalo eu já estava sentindo o cansaço, mas ainda faltava a última bateria para terminar o treino. A instrução era nadar mais forte e depois aliviar no pedal e na corrida.

Já que eu estava todo marcado do sol resolvi fazer a última bateria old school, nadei, pedalei e corri só de sunga como os atletas faziam no passado e ainda fazem em algumas competições. Foi um pouco estranho, mas até que não achei ruim, só fiquei com medo de cair e ficar todo escalavrado dos pés a cabeça.

No fim acabei nadando um pouco pior que nas demais baterias, mas mantive o pedal na média e a corrida foi um pouco melhor que na segunda bateria.

Esse tic tac não foi tão doce como o da foto, mas valeu!

Acabei o treino exausto e acertei os detalhes da transição para a prova na semana que vem. Abaixo o comparativo.

natação baterias

pedal baterias corrida baterias

Anúncios

5 comentários em “Tic tac e bateria old school

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s