TREINANDO

“Transitado em julgado” e o pudim


juiz pudim

O título é uma brincadeira para contar como foi o primeiro treino de transição depois 4 meses da lesão. O “transitado” é pelo treino de transição e o julgado é que minha lesão já era, foi julgada e o veredito: Absolvido. Pronto para o ano!

Eu confesso que estava com certo receio de nadar, pedalar e correr em um único treino, pois até então eu apenas havia nadado e pedalado e em treinos mais leves, em volume e intensidade.

No sábado de carnaval enquanto o pessoal ainda estava ou voltava da balada a turma da corrida e do triathlon chegavam em Jurerê para o treino. Na sexta-feira a noite havia chovido muito, tanto que muitas ruas estavam alagadas e eu até imaginei em abortar o treino, mas acordei animado pois não estava chovendo e fui sem medo de ser feliz.

O mar estava calmo, não havia vento, mas a água estava um pouco gelada e eu optei por utilizar roupa de borracha, alias inadequada para a natação pois ela é para kitesurf e ao invés de ajudar ela atrapalha mais, pois cria mais arrasto e pesa uns 200kg molhada.

O percurso da natação foi um triângulo, 2 voltas de aproximadamente 750m e mais 3 x 200m totalizando 2100m.

natação

O pedal foi na SC401 e foi engraçado, uma cena bizarra, havia cobras e sapos mortos por atropelamento era algo incrível. A chuva da noite anterior deve ter deixado os bichinhos desalojados e isso fez com que eles fossem para a estrada e com isso morressem atropelados.

Rodei 10k de aquecimento e depois 30k forte e mais 6k de retorno a base rodando um pouco mais leve para desaquecer. Fiz a melhor média de bike até hoje e fiquei satisfeito com o treino, embora estava com as pernas fritando e o posterior da coxa me avisando que era para diminuir a força ou ele ia me deixar na mão na hora da corrida, mas não dei muita bola para isso e segui firme.

pedal

Na volta do pedal fiz uma T2 bem rápida, foi o tempo de deixar a bike, calçar o tênis e beber um gatorade e ir encarar o sol das 11h para 5k de corrida. Fiz uma promessa que se eu conseguisse correr os 5k com pace médio abaixo de 5min/km eu ganharia um doce e ai tive um incentivo extra.

Eu não corria tão bem desde agosto de 2012, antes de me lesionar pela primeira vez quando tive STIT. Consegui manter o pace e fechei o treino total com 3:07:28″ e a corrida em 24:35″, mas pela imagem eu me atrapalhei na hora de finalizar o treino e perdi uns 35″.

corrida

Conforme prometido eu ganhei o doce, só que me passei na dose, cheguei de madrugada e comi quase meio prato de pudim de leite e no domingo eu acordei, doce, doce, doce…

Correr para crer my way, my run!

Anúncios

2 comentários em ““Transitado em julgado” e o pudim

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s