COMER E CORRER

E o gás?


Na corrida nós dizemos que precisamos de gás para dar aquele sprint no final de uma prova ou para acelerar o pace e bater aquele recorde mundial pessoal.

Nós precisamos de gás GLP para viver? Sim e não. A ocasião faz o ladrão ou o hábito faz o monge, sei lá, ditos populares. Mas o tema hoje é você não ter gás para cozinhar, fazer uma dieta e ter que se virar nos 30. Contarei um causo…

Há alguns dias atrás identificamos um vazamento de gás no prédio e foi preciso desligar a geral e dessa forma ficamos sem o fornecimento. Um dia tudo bem, mas imagine 10 dias sem poder cozinhar? A sorte que o meu chuveiro é elétrico, se não faltaria “perfume”.

Em nosso país todo mundo é trabalhador como o Lula então você imagina a dificuldade de conseguir uma empresa para fazer a reforma. Começando que a maioria só faz a parte de instalação e a alvenária tem que contratar outra empresa ou um pedreiro, coisa mais difícil de se conseguir.

Foi preciso que eu e outro vizinho pegássemos uma picareta, enxada e pá e mãos a obra. Já que o meu problema é no joelho, o braço ainda está bom e forte e bora quebrar lajota e cavar buraco em busca do encanamento do gás. Alguns furos na rede de esgoto e de água não poderiam faltar, mas achamos o tal cano e agora poderá ser providenciado o orçamento.

Só que neste meio tempo eu precisava comer e comer direito, seguindo a dieta a risca, nada de xis, lanches, pizza ou lasanha congelada e dai que entrou a teoria de Darwin: “Só os mais adaptados sobrevivem”.

Eu sabia que um dia ter um forno e uma grelha elétrica seriam de grande valia, eu já era fã deles, mas vi que eu posso viver sem o gás. Sou gaúcho e tomo chimarrão praticamente todos os dias e precisava equacionar o problema da água quente, rapidamente no mercadinho da esquina encontrei um “rabo quente”, uma resistência para aquecer água.

A criatividade sobra nessas horas e eu fiz algumas receitas bacanas usando somente o forno e a grelha, ai vão elas:

Papeloti de Salmão com legumes:

Legumes variados, uma posta de salmão, azeite de oliva e tempero a gosto, uns 40 minutos no forno e feito, rango saudável na mesa.

Para variar resolvi fazer um espetinho de carne de gato (brincadeira) com pimentão, tomate cereja e cebola roxa, o famoso xixo e a grelha elétrica trabalhou.

E ontem peguei uma receita da nutri e mandei ver uma abobrinha com tomate cereja e pimentão gratinados com queijo parmesão.

Ainda tenho outras coisas para assar…bora pensar em algo light?

Anúncios

2 comentários em “E o gás?

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s