DE TUDO UM POUCO

Um passo e um poema


Um dia corro cedo

No outro corro tarde

Tem gente que não entende

Mas eu explico com algumas frases

Há dias que nada engrena

Há também os dias de preguiça

As pernas ficam pesadas

E até a cabeça enguiça

Mesmo diante disso

Não há ninguém que corre infeliz

Todo mundo se diverte

Como os anjos de um chafariz

Por essa estrada me despeço

Ultrapassando retas e montes

Com passos largos e firmes

Corro além do horizonte

(Diego Bandeira 24/09/2012)

Anúncios

Um comentário em “Um passo e um poema

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s