TREINANDO

Algumas coisas não mudam…


Desde minha lesão já se passaram 7 dias longe de um tênis e das corridas, no segundo dia achei que era uma eternidade, mas agora percebo que está passando rápido e espero que passe rápido mesmo, num pace de maratonista queniano, abaixo de 3 min/km.

Nesse tempo me aprofundei na natação e no ciclismo, estou liberado nessas modalidades e para não perder o condicionamento aeróbico a natação está fazendo a sua parte e a força nas pernas deixo para a minha bike suprir e além disso encarei com outros olhos a musculação.

No ano passado treinei forte e fiz musculação para fortalecer e não tive nenhuma lesão, mas em 2012 eu mudei a receita e larguei a musculação e deu no que deu. Será que tem alguma relação? Acho que sim.

Eu não deixei de malhar por vontade própria, foi por pura falta de tempo, pois nadar, pedalar e correr e ainda viajar me tomaram todo o tempo. Eu quase não conseguia descansar.

Se você malhar focando no fortalecimento dos grupos musculares utilizados na corrida acho que e o resultado é positivo. É claro que você não vai focar em hipertrofia, dai ficará muito forte e terá mais peso para carregar.

Tenho feito uns alongamentos bem diferentes para tratar a STIT e também alguns exercícios. Esses focam no fortalecimento dos músculos dos glúteos e dos isquiotibial, além de exercícios para equilíbrio e foi ai que descobri que sou o maior desequilibrado do mundo. Ficar numa perna só é complicado, 20″ segundos é uma eternidade e quando passa 10″ eu já fico “sambando” para não colocar a outra perna no chão.

Algumas coisas não mudam e outras só damos valor quando perdemos ou quando precisamos…alias, que ótimos profissionais são os fisioterapeutas, quando me recuperar farei um post só sobre eles!

Correr para crer… fisioterapia na veia!

Anúncios

4 comentários em “Algumas coisas não mudam…

  1. Quando fiz fisioterapia, cada 30 segundos de série era interminável. Ali eu percebi que nunca fiz alongamento pelo tempo certo. Sempre pela metade.
    Quanto à musculação, nunca fiz e não sinto falta, mas pra você que fazia, talvez possa ter alguma diferença e relação. Ou não hehe.
    Pelo menos estás nadando e pedalando. Quando ver, já tá correndo de novo.

    Curtir

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s