DE TUDO UM POUCO

Cama, rede ou esteira


As vezes nós descuidamos nas coisas simples e que fazem uma grande diferença em nossas vidas. Esse ano eu decidi que irei mudar a minha forma de agir, principalmente no que diz respeito ao ato de agir, fazer, realizar. Minha antiga máxima (péssima por sinal) era: O que pode ser feito amanhã, deixo para fazer amanhã ou depois e quando digo era é porque estou procurando agir, fazer e realizar na hora, no momento necessário.

Eu costumo dizer que a dor ensina a gemer e agora eu sofri isso na pele, digo, na coluna. Minha cama está péssima há algum tempo e eu sempre procrastinando a sua troca, mas agora chegou num momento que não dá mais, primeiro tenho que deixar de ser miserável com esse investimento e tenho que trocar logo. O limite chegou na noite de segunda para terça-feira, tive que dormir nos pés da cama.

Acordei todo quebrado, cansado e de mau humor. Resolvi fazer meu treino logo cedo antes de ir para o aeroporto e ele não rendeu, foi uma vergonha e foi a primeira vez que desisti no meio. Eu deveria fazer 10x400m 1:35″ e só consegui fazer 6x, estava morto com farofa como dizem por ai.

A culpa foi de quem? da cama “mardita” que a tempos me avisava que ela deveria ser trocada? Não, foi desse que voz escreve que não fez o que deveria ter feito, ou seja, comprar uma nova.

Eu até tentei comprar, mas fui em uma loja que a vendedora me fez deitar em mil camas e queria me empurrar algo que eu não queria, pois naquele dia queria apenas saber quanto custava uma cama nova, estava sem saco, digo sem tempo. Até hoje lembro o nome dela, talvez devesse voltar na loja e só comprar a cama com a Édina.

Há no mercado diversas opções, ainda não sei, mas o que sei é que não quero cama de molas nunca mais, nem de graça e nem folheada a ouro. A próxima cama será com colchão de espuma! Eu queria ela no chão estilo tatame japonês, mas a “dona” da casa não topou a ideia, ela tem que ser distante do piso…como disse o parceiro Anderson vulgo @_jungleman_…”cama de mola é só para fazer inveja no vizinho” ou sofrer com a “atividade” do vizinho de cima…

Anúncios

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s