CORRIDA CULTURAL

Dia de boa!


Oh my God…semana puxada heim? duas segundas-feiras, mas em compensação duas sextas-feiras! yes…hoje é meu day off da planilha de corrida, mas vale pensar nela né?

Vocês conhecem a Comrades? Uma das mais famosas ultramaratonas, com 89k que é realizada na Africa do Sul? A primeira Comrades foi realizada no dia 24 de maio de 1921, Dia do Império, e sua intensão era homenagear os soldados mortos na I Guerra Mundial. Desde então é realizada anualmente e atrai milhares de corredores de todas as partes do mundo.

A dica para o final de semana é o filme The Long Run (2001) que tem a Comrades como enredo. Eu ainda não vi, mas irei procurar nas locadoras esse final de semana, boa dica para quem vai ficar de boa hoje, sábado ou domingo.  A coluna Corrida Cultural aqui do blog liberou até a pipoca!!! Enjoy…

Sinopse: Rodado na África do Sul, A Longa Corrida é um filme sobre as diferenças raciais e a vontade de vencer.

Tudo se passa na África do Sul, onde Berry (Armin Mueller-Stahl) é o treinador de um time de atletas que se prepara para a longa “Maratona dos Companheiros”, uma prova de resistência onde os competidores percorrem a incrível marca de 90 quilômetros (mais que o dobro da Maratona tradicional). Mas o país está mudando, e Berry perde seu emprego para um treinador negro. Sem se deixar abater, ele procura um novo atleta para treinar, e encontra Christine (Nthati Moshes), uma imigrante ilegal de grande potencial para a vitória, mas de pouca disciplina. O choque cultural e racial entre ambos será inevitável.

A Longa Corrida é um filme sobre a saga dos marginalizados que se tornam vencedores. Berry é um homem solitário, viúvo, entristecido, que se vê repentinamente desempregado em função da nova ordem social do país onde trabalha. Alemão, de disciplina rígida, ele tem dificuldades em lidar com o estilo irreverente dos africanos.

Christine também é uma mulher solitária. Ela fugiu de seu país e entrou ilegalmente na África do Sul, onde só espera encontrar tranqüilidade e anonimato. Berry quer transforma-la numa estrela do atletismo, mas ela só quer correr para se divertir.

Não há heróis nem vilões, mocinhos ou bandidos, mas apenas as razões de cada um, a cultura de cada povo. São duas pessoas completamente diferentes entre si que têm um único ponto em comum: a vontade de ser feliz.

 

Fonte:

http://www.webcine.com.br/filmessi/longrun.htm

http://www.comrades.com

Anúncios

Um comentário em “Dia de boa!

Obrigado pela visita e participem comentando no blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s